Criei esse blog com o objetivo de mostrar as belezas ao redor do mundo. Lugares que ninguém deveria morrer antes de conhecer, cada um com sua beleza única e inigualavél.
Se você um dia tiver a oportunidade de conhecer cada um desses lugares não fique ai parado! Começe já a sua jornada ao redor do mundo! Esse vai ser meu objetivo, faça desse o seu também!
Boa Sorte!!!

terça-feira, 3 de julho de 2012

4 - Usina Hidrelétrica de Itaipu


Se você é um amante da arquitetura esse é um lugar que você deve visitar antes de morrer. Até mesmo quem não é muito ligado no assunto vai se impressionar com a magnitude de Itaipu.
Usina Hidrelétrica de Itaipu é uma usina hidrelétrica  binacional localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Construída por ambos os países no período de 1975 a 1982, Itaipu é, hoje, a maior usina geradora de energia do mundo.O nome Itaipu foi tirada de uma ilha que existia perto do local de construção. No idioma guarani, o termo significa "pedra que canta".  


Dica Importante: Se você quiser economizar pode visitar a usina do lado paraguaio, foi o que eu fiz, não paguei nenhum centavo. Lá basta você apresentar sua identidade e pegar uma ficha, tipo uma passagem para pegar o ônibus que leva as pessoas até a usina. E você ainda pode aproveitar na volta para o Brasil e passar pelo paraíso das compras em Ciudad del Este no Paraguai e fazer algumas comprinhas. Cuidado para não exagerar, pois há dias que a Receita Federal está muito atenta e segue à risca o limite de U$ 300,00 dólares para compras no exterior.



A barragem é a maior unidade operacional hidrelétrica em termos de geração de energia anual, gerando 91,6 TWh em 2009, enquanto a geração de energia anual da Barragem das Três Gargantas, na China, foi de 79,4 TWh em 2009. Com seu lago perfazendo uma área de 1 350 quilômetros quadrados, indo de Foz do iguaçu, no Brasil e Ciudad del Este, no Paraguai, até Guaíra e Salto del Guairá, 150 quilômetros ao norte, além de suas vinte unidades geradoras de setecentos megawatts cada, Itaipu tem uma potência de geração de 14 000 megawatts.

Dica importante: Mas, se você está bem de bolso e pode gastar "um pouco" pode visitar o lado brasileiro (coisa que não fiz, vai ficar para a próxima viagem) que é muito mais organizado e tem um espaço de primeiro mundo para receber os turistas e também tem muito mais opções para explorar de perto a usina. Aqui vão algumas opções e seus respectivos preços: Vista panorâmica R$ 22,00; Circuito especial R$ 56,10; Iluminação da barragem R$ 13,20; Refúgio biológico R$ 19,80; Ecomuseu R$ 8,80; Polo astronômico R$ 16,50; Almoço no PTI (Parque Tecnológico Itaipu) R$ 26,00 e você pode ainda fazer um teste drive em um veículo elétrico por apenas R$ 150,00. Então fazenda as contas, se você for curtir tudo o que o parque tem para oferecer, você gastará exatos R$ 312,40. Ah! tem uma boa noticia para alguns, o parque aceita meia-entrada, sendo assim esse valor cai para a metade.




Na foto acima o ônibus passa bem ao lado das 20 turbinas, enquanto a guia vai explicando tudo sobre a usina, em espanhol claro, pois fui pelo lado paraguaio.

Em 5 de maio de 1984, entrou em operação a primeira unidade geradora de Itaipu. As 20 unidades geradoras foram sendo instaladas ao ritmo de duas a três por ano.
As duas últimas das 20 unidades de geração de energia elétrica começaram a funcionar entre setembro de 2006 e março 2007, elevando a capacidade instalada para 14.000 MW, concluindo a usina. Este aumento da capacidade permitiu que 18 unidades geradoras permaneçam funcionando o tempo todo, enquanto duas permanecem em manutenção. Cada turbina gera cerca de 700 megawatts, para comparação, toda a água das Cataratas do Iguaçu teria capacidade para alimentar somente dois geradores. A Itaipu produz uma média de 90 milhões de megawatts-hora (MWh) por ano.

Dica importante: Pelo lado paraguaio o ônibus não para perto das turbinas para que os turistas possam descer e tirar fotos, coisa que é possível indo pelo lado brasileiro, mas também por um passeio grátis não devemos exigir tanto!




Na foto acima estamos parados dentro do ônibus observando uma das comportas abertas, ai também não se pode descer, nem pelo lado brasileiro nem pelo lado paraguaio, a guia disse que era por medidas de segurança, pois alguém poderia tentar suicídio ai e com certeza morreria imediatamente, pois a pressão da água é tanta que ao cair ai, a pessoa quebraria vários ossos e até chegar lá embaixo não restaria mais nada, então para nossa segurança fiquemos dentro do ônibus, pois nunca se sabe se não tem um maluco entre nós e empurra alguém ai!

No ano de 2008, a usina atingiu seu recorde de produção, com 94,68 bilhões de quilowatts-hora (kWh), fornecendo 90% da energia consumida pelo Paraguai e 19% da energia consumida pelo Brasil.



Nesta foto acima estou com minhas amigas de intercâmbio que estavam morando no Paraguai na época comigo. da esquerda para a direita: Natalia Muñoz (Peru), Samantha Mendoza (México), Yoshiko Yara (Bolívia) e Valeria Joya (México). Estamos do lado do vertedouro onde abrem as comportas quando o lago está muito cheio. Tivemos muita sorte, pois é muito difícil uma comporta está aberta e as três é muito raro, só em época de muita chuva. 

A Usina de Itaipu faz parte da lista das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, elaborada em 1995 pela revista Popular Mechanics, dos Estados Unidos. Esta lista foi feita com base numa pesquisa realizada pela Associação Norte-Americana de Engenheiros Civis (Asce) entre engenheiros dos mais diversos países.


Aqui é uma foto do show que acontece a noite durante as visitas dos turistas, é impressionante!

A energia gerada por Itaipu também produz um outro espetáculo. Na própria usina, encante-se com a energia que sai das imensas turbinas na Iluminação da Barragem. Antes do acendimento das luzes, dois apresentadores e um vídeo mostrado em telões contam a história da hidrelétrica e a traduzem em números expressivos. De repente, em meio à escuridão, a barragem de concreto é iluminada por 519 refletores e 112 luminárias.

Uma trilha sonora, criada especialmente para a apresentação, embala, em perfeita sincronia, o acendimento das luzes. O turista acompanha a apresentação do mirante central, de onde pode-se ver a distância o funcionamento da usina durante o dia. 
Para você ter uma ideia da beleza e da grandiosidade deste cenário, a energia consumida no espetáculo seria suficiente para iluminar uma cidade com 15 mil habitantes. A iluminação ganha ainda mais charme em noites de lua cheia.

Esta foto acima é o momento que o ônibus cruza toda a barragem. Desse lado que mostra na foto vemos o Rio Paraná e lá ao fundo dá pra ver a água saindo de uma das comportas.


O comprimento total da barragem é 7 919 metros. A elevação da crista é de 225 metros. Itaipu é, na verdade, quatro barragens juntas - da extrema esquerda, uma barragem de terra de preenchimento, uma barragem de enrocamento, uma barragem de concreto principal, e uma barragem de concreto para a ala direita.



Neste video acima estamos dentro do ônibus percorrendo a barragem até o vertedouro. O ônibus para na frente da comporta aberta e fica por uns 5 minutos, enquanto a guia explica algumas coisas e galera aproveita para tirar fotos!






Esta é a vista do lado direito, onde vemos a imensidão do lago de Itaipu 


Nos 170 quilômetros de extensão, entre Foz do Iguaçu e Guaíra, o Reservatório de Itaipu atinge áreas de 16 municípios, dos quais 15 no estado do Paraná e um no Mato Grosso do Sul. Como compensação, Itaipu paga royalties a esses municípios, proporcionalmente à área de terra alagada. Desde 1985, a Itaipu pagou ao Brasil mais de 3,77 bilhões de dólares estadunidenses em royalties. No Paraguai, a compensação é repassada integralmente ao Tesouro Nacional. No Brasil, 45% da compensação é repassada aos Estados, 45% aos municípios e 10% para órgãos federais, de acordo com a Lei dos Royalties, em vigor desde 1991.


Eu e minha amiga mexicana Samantha Mendonza 

Curiosidades sobre Itaipu:

  • O curso do rio Paraná, sétimo maior do mundo foi deslocado; com 50 milhões de toneladas de terra e rocha.
  • A quantidade de concreto usado para construir a Usina de Itaipu seria suficiente para construir 210 estádios de  futebol do tamanho do Estádio do Maracanã.
  • O ferro e o aço utilizados permitiriam a construção de 380 Torres Eiffel. 
  • O volume de escavação de terra e rocha em Itaipu é 8,5 vezes maior que o do Eurotúnel e o volume de concreto é 15 vezes maior
  • A sua construção envolveu o trabalho direto de 40 mil pessoas. 



Esse video foi feito no observatório no lado paraguaio, ai o ônibus para e espera mais ou menos uns 20 minutos para as pessoas apreciarem a vista da usina e das comportas se você tiver a sorte de encontrá-las abertas. A vista é incrível, e o barulho da água é muito forte!


Coordenadas Google Earth Google Maps 25° 24' 45.96" S, 54° 35' 39.24" W 




Então é isso pessoal, por todos os motivos ai acima é que eu decidi incluir a Usina de Itaipu em um dos 100 lugares pra conhecer, pois lá você vai se impressionar com a dimensão das coisas, tudo lá é gigante, é uma verdadeira obra prima do homem. E o melhor de tudo, está aqui em nosso país, pertinho de nós. Desejo uma boa viagem a todos!!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

3 - New York City

Esse tópico vai ser diferente dos outros pois este é um dos lugares que já tive o prazer de visitar em Agosto de 2009, então comentarei os lugares e darei algumas dicas para quem pretende visitar!

A primeira coisa quando você chega em New York é querer ver logo a Estátua da Liberdade pra acreditar que reamente está nos EUA, e não foi diferente comigo. Logo que cheguei eu contava as horas pra ir logo lá. Primeiro a gente compra o ticket pra pegar o ferry, acho que foi U$ 12,00. A fila é enorme, gente do mundo inteiro, mas vale a pena quando você tem essa vista(foto acima)!

Dica importante: Quem quiser evitar a fila pode comprar os ingressos antecipado no site oficial!



Achei legal essa foto atrás da estatua, porque a gente sempre ver fotos da frente! Como vocês podem ver tem uma segunda fila (a primeira foi pra comprar os tickets do ferry) que é bem maior que a primeira, esta é para subir no pedestal e tambem na cabeça da estatua que foi aberta em Julho de 2009. A visitação a coroa da estatua estava fechada desde os atentados de 11 de setembro de 2011. Fiquei feliz "achando" que ia na cabeça da estatua!! Mas, para poder subir no pedestal a espera era de 2 semanas, e para subir na coroa da estatua a espera era de 3 meses. Então a visita ficou para a proxima viagem. A barraca branca que vocês veem ao fundo é uma loja de lembranças, tem de tudo da estatua, aproveitei pra comprar umas.

Dica importante: Se você for com dinheiro limitado, não se empolgue e saia comprando tudo, as coisas ai chegam a ser 100% mais caras que as lojinhas que você encontra no centro da cidade. Lá você encontra de tudo, comprei quase todas as minhas lembranças no centro da cidade.

A estátua fica em uma ilha, onde tem um belo park, como eu não consegui subir na estatua andei pelo park e tirei fotos em frente a estátua onde todo mundo tira as fotos "oficias" e é claro a bela vista do centro de Manhattan, agora sem as torres gêmeas!

Dica importante: Leve seu vaso de água mineral!Uma água lá custa 200% mais caro que em Manhattan; U$ 3,00 e no centro da cidade U$1,00. Exploram bastante os coitados dos turistas!!!

Quem nunca viu esse prédio em um tipico filme americano? Pois é, este é o famoso Empire State Bulding, o mais alto de New York depois que as torres gêmeas foram destruidas! Com seus 102 andares e 443 metros de altura pode ser visto de qualquer lugar (as vezes eu usava ele como referencia quando estava perdido nas ruas). Esta foto eu tirei de cima do Rockefeller Center outro ponto de observação em New York (falarei dele mais adiante).


Essa é a vista do obsevatório do andar 88° onde você pode ver a cidade de todos os lados. O ticket custa U$ 36,00 e como sempre tem fila! Existe um segundo observatório no 102°, esse sim é muito alto e a visão incrivél, mas é bem menor e todo fechado de vidro o primeiro tem umas grades então as fotos ficam melhores no primeiro. E tambem paga pra visitar o segundo (nem lemro mais quanto foi) ficando muito caro pra visitar os dois, mas, visitando o primeiro já é suficiente pra se ter as melhores vistas da Big Apple(apelido da cidade)!

Dica importante: compre os ingressos no site para evitar as filas e o principal vá em um dia claro e ensolarado para ter a melhor vista da cidade, eu fui em um dia claro, mas ainda assim não deu pra ver muito longe!

Esta é a vista do andar 86° dá para ver mais as pessoas do que a cidade! Para ver a cidade e obter as melhores fotos tem que encostar na grade, o que chega a ser dificil em certas horas, com o grande número de turistas, eu cheguei a esperar uns 10 minutos pra poder chegar na grade. Tambem depois que consegui passei mais de 1 hora lá!!!

video

Este video foi feito no andar 86° da onde se tem as melhores vistas da cidade!



Esse lugar tambem você sempre vê nos filmes é a famosa Times Square conhecida como a esquina do mundo é a rua mais badalada de toda New York. É lá que você encontra os famosos shows da Broadway! Sempre tentando chamar sua atenção os letreiros gigantes é a grande atração com todos os tipos de propagandas!

Dica importante: Não esqueça de visitar a maior loja de brinquedos do mundo que fica na Times Square, você não paga para entrar e tambem não é obrigado a comprar nada, a loja é tão grande que tem uma roda gigante dentro, o dificil é sair sem comrpar nada!


Nesta foto estou com meus guias de 1° dia, porque todos os outros sai sozinho! A loira é filha da dona da casa(fiquei em uma casa com uma familia americana que recebe estudantes e turistas) e o outro é um coreano que estava na casa tambem. O bom da Times Square é que é um dos poucos pontos turisticos que é de graça!

Dica importante: Não esqueça tambem de visitar a M&M's World a maior lojada rede de chocolates e a Hershey's fica logo em frente, quando você entra ganha um Kiss me (um famoso chocolate da marca) dá vontade de entrar e sair toda hora!

É bom visitar a Times Square a qualquer hora, mas a noite o espetáculo é maior ainda, os luminosos deixa você louco, e o movimento é ainda maior. Como vocês podem ver tem uma Mc Donalds lá, eu comia ai quase todos os dias, esse era o lugar que eu mais ia. Tem uma rua que eles fecharam só para os turistas, com muitas mesas você pode comprar seu lanche ou almoço e comer no meio da rua vendo esse espetaculo. Só New York mesmo para proporcionar algo assim! E de graça!

Dica importante: Aproveite para visitar lojas famosas e museus ao redor da Times Square. E se for assistir algum show da Broadway a noite, você pode encontrar ingressos baratos em uma bilheteria no centro da rua, tem uma grande fila, mas consegue bons descontos!


video
Times Square durante o dia, mostrando as pessoas almoçando. Muitas pessoas que trabalham ao redor vão comer ai! Nesse dia eu também almoçei ai!



Não se esqueça de visitar o museu de cera mais famoso do mundo o Madame Tussauds que fica bem pertinho da Times Square, lá você encontra replicas em tamanho real de varias celebridades do mundo todo, inclusive o Michael Jackson, só tinha um mês que ele tinha morrido, colocaram a estátua em um lugar especial e como não era mais surpresa para mim tinha até fila pra tirar foto com ele!!

Dica importante: Compre os ingressos antes de entrar no prédio, na mão de umas pessoas que te oferecem na porta ou na rua (fique tranquilo não é ilegal, faz parte do marketing da empresa) é mais barato do que no guichê do museu!


Esse é com certeza o parque mais famoso do mundo. O Central Park está situado no meio da ilha de Manhattan, possui uma área de 3,4 km². É um lugar onde as pessoas podem diminuir o ritmo frenético de New York: as pessoas podem sentar em um banco e ler o jornal, conversar com os amigos, jogar, andar de bicileta ou brincar com as crianças e até tomar sol deitado na grama o que é bem comum.

Dica importante: Se estiver no verão, não esqueça de comprar um água antes de entrar, pois lá dentro é dificil de achar e para encontrar vai ter que andar muito e você corre o risco de desidratar pois faz muito valor!

Essa ponte é cenário de várias cenas românticas em muitos filmes! E o clima realmente é bem romântico, você alugar barcos e passear no lago, muitos casais fazem isso! O Central Park tem inúmeras atrações, no inverno você encontra pistas de patinação no gelo (o que não foi o meu caso eu fui no verão), tem um pequeno castelo de pedras, um jardim botânico e até um zoologico, famoso pois os bichos do filme Madagascár eram de lá, além de outras inúmeras atrações!

Dica importante: Se pretende visitar o Central Park inteiro, divida em dois ou três dias, pois o park é muito grande e você vai andar muito. Digo isso por experiência própria: Atravessei o park inteiro em um tarde ou seja andei da rua 59th (Central Park Sul) até a rua 110th (Central Park Norte) é o equivalente a andar 51 quarteirões. Final: cheguei em casa com os pés vermelhos e dois calos! Valeu a pena, mas tem que ter disposiçao!

Ponte do Brooklin: Uma das mais conhecidas pontes do mundo, considerada a oitava maravilha do mundo quando foi terminada em 1883, a ponte é uma obra prima da engenharia. Para ter essa visão ai da foto eu fui para o Pier 17 é uma espécie de shopping tem de tudo lojas de roupas lembranças e restaurantes. Você vai no 3° andar de onte tem amelhor vista!

Dica importante: Vá para o Pier 17 umas 5 horas da tarde, tire algumas fotos e vá fazer algumas compras ou um lanche em algum das inúmeras lanchonetes enquanto anoitece, assim você registra o momento durante o dia e principalmente a noite quando as luzes da ponte se acendem e revelam uma paisagem indescritivél!

Esse era o local do World Trade Center ( Torres Gêmeas). No momento está fechado, pois está em construção uma nova torre a Freedom Tower. Ao lado tem um pequeno museu contando a história do atentado e das vítimas, é lugar muito emocionante com pedaços da torre, do avião, de roupas e fotos das vítimas. Eu confesso que fiquei muito emocionado. O ingresso custa U$10,00 e estudantes pagam meia(alguns lugares em New York só aceitam carteira de estudante dos próprios americanos, mas mesmo assim leve a sua, você vai usar).

Dica importante: Bem próximo ao local das torres tem uma famosa loja de departamentos, a Century 21, vende de tudo e é mais barato que outros lugares, vale a pena visitar, fiz algumas compras lá como vocês podem ver!

Essa é a vista de New York a noite, é impressionante, tudo funcionando, a cidade realmente nunca para, 24 horas por dia! Essa foto foi no deck de observação do Rockefeller Center chamado de Top of the Rock um dos melhores lugares para tirar foto da cidade (alguns dizem que é até melhor que o concorrente Empire State Bulding) pois você pode ver o Central Park e também o Empire State que a noite dá um show de iluminação! Você pode ir do andar 67° até o 70°.

Dica importante: Você pode usar a mesma estrategia da Ponte do Brooklin, chegar no final da tarde e ficar até escurecer, afinal não se pordeperder essa vista a noite! O obseratorio fica aberto até as 12 horas da noite!

Essa é a vista do Top of the Rock em um dia claro, as fotos ficam ótimas com Central Park ao fundo! O Rockefeller Center é atualmente uma das principais atrações turísticas de Nova Iorque, especialmente no inverno, quando a praça principal do complexo está decorada com uma grande árvore de natal bem como possui uma grande pista de patinação.

Dica importante: O Rockefeller Center fica na 5° avenida, a mais famosa de New York com suas lojas de grifes luxuosas do mundo todo, apreveite para andar por ela (se quiser também, fiquem a vontade para comprar, eu só andei) em direção ao Central Park e você vai chegar na famosa loja de vidro da Apple.


video

O video acima mostra a Grand Central a maior estação ferroviária do mundo. Em média, 125 mil usuários passam por ela todos os dias. Foi cena do filme Madagascar recentemente!

Dica importante: No subsolo tem ótimos restaurantes e pizzarias! Preste atenção que o Chrysler Building um famoso prédio de New York está do lado.

Coordenadas Google Earth/Google Maps 40°42'22.38"N 74° 0'20.60"O

Assim chego ao fim desta postagem, a maior de todas, e se dependesse de mim não ia ter fim, pois durante a viagem foram mais de 1.200 fotos e mais de 100 videos, então darião dezenas de páginas. Tentei fazer um resumo de tudo, mas faltaram lugares que você não deve esquecer como: A sede das Nações Unidas, o Museu de Historia Natural, O Museu Metropolitano de New York, Chinatown, Madison Square Garden, Ellis Island, Museu Intrepid de aviões entre outros milhares de lugares que New York pode lhe oferecer, estando lá aproveite cada momento.

Dica importante: Compre sua passagem com muito tempo de antecedência, pois economiza bastante e se possivel viaje com a Japan Airlines, eu recomendo, ótimo serviço e eles usam o Boing 747-400 aquele que leva 400 pessoas o 2° maior do mundo, pra quem gosta de avião vai adorar!
Para obter outras informações, como preços e onde ficar entre em contato comigo através de meu email ou deixe seu email nos comentários que terei prazer em ajudar!

Agradeço a realização dessa viagem primeiro a Deus e em seguida a minha família e amigos especialmente Nathan e Jessica Belasco (New York). Thank you Jessica so much to help me make this dream come true!

quarta-feira, 3 de março de 2010

2 - Grand Canyon




O Grand Canyon encontra-se no território dos Estados Unidos da América. Seu vale foi moldado pelo rio Colorado durante milhares de anos à medida que suas águas percorriam o leito, aprofundando-o ao longo de 446 km.




Chega a medir entre 6 e 29 km de largura e atinge profundidades de 1600 metros. Cerca de 2 bilhões de anos da história geológica da Terra foram expostos pelo rio, à medida que este e os seus afluentes vão expondo camada após camada de sedimentos.





No Parque Nacional do Grand Canyon é possivél se hospedar em inúmeros hoteis ao longo do parque, alugar helicopteros para voos panoramicos, você pode também fazer trilhas dentro dos canyons conhecendo sua vegetação exótica, navegando pelos rios e conhecendo magnificas cachoeiras escondidas, como essa do Thunder River!





Grand Canyon Skywalk é uma passarela de vidro situada no Grand Canyon West ao oeste do Parque Nacional do Grand Canyon inaugurada em 20 de março de 2007.
Em forma de ferradura está a uma altura de 1300 metros sendo uma atração para os mais corajosos.


A plataforma pesa 500 toneladas e as placas de vidro tem 10 cm de expessura. É capaz de suportar o peso de 800 pessoas mas por segurança são permitido apenas 120 por vez. A plataforma suporta ventos de até 160 Km/hora.
Coordenadas no Google Earth: 36° 0'52.27"N 113°48'48.00"O





É considerado uma das sete maravilhas naturais do mundo e um ponto turístico visitado por milhares de
turistas anualmente, gerando receita para as cidades e populações ribeirinhas ao desfiladeiro.


Parque do Grand Canyon no Google Earth.
Coordenadas: 36° 3'37.65"N 112° 9'9.58"O



video


Junte a galera e faça como o pessoal do video, faça uma trilha adentro do Grand Canyon e prepare-se para se sentir pequeno diante dessa grande maravilha de Deus. Depois de tantos motivos não precisamos de mais para incluir o Grand Canyon em dos 100 lugares pra conhecer antes de morrer!!!

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

1 - Cataratas do Iguaçu



Sejam bem-vindos ao Parque Nacional do Iguaçu! É por aqui que chegamos até o lado brasileiro das cataratas. Ai tem um estacionamento enorme, tanto para que vem no seu próprio carro como para os ônibus de turismo. Também encontramos lojas de de lembranças e claro a bilheteria do parque.

Dica importante: Na comprar os ingressos brasileiros tem desconto, um turista de outro país paga R$ 41,10, turistas de países do Mercosul pagam R$ 32,85 e os brasileiros somente R$ 24,60 mediante a apresentação de documento de identidade com foto. E aqui vai o melhor de tudo, se você tem cartão de crédito Itaú paga a metade, ou seja, R$ 12,30. Crianças de 2 a 11 anos pagam R$ 7,00 e idosos a partir de 60 anos também só pagam R$ 7,00. A visitação ocorre diariamente (inclusive domingos e feriados) das 09h00 às 17h00.





As Cataratas são formadas pelo rio Iguaçu, que percorre, no sentido leste-oeste, 1320 km até sua foz, na cidade de Foz do Iguaçu, fazendo fronteira com a Argentina. A 15 km antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível de terreno que se precipita em aproximadamente 275 quedas de 65 m de altura em média, uma vazão média de 1500 metros cúbicos por segundo, numa largura de 4800 m.


Dica importante: Se você quiser ter esta vista impressionante de cima é possível fazendo um voo panorâmico de helicóptero. Na época que fui o preço era R$ 180,00 por um voo de 8 minutos. Infelizmente eu não tava com muito dinheiro e não deu pra ir, mas na próxima viagem farei esse passeio com certeza!





Nesta foto acima estou com minhas amigas de intercâmbio, da esquerda para a direita: Natalia Muñoz (Peru), Elizaveta Taralom (Áustria), Yoshiko Yara (Bolívia),  Samantha Mendonza (México) e Valeria Joya (México). Aqui é a primeira parada do ônibus, você pode descer ou não, se desejar pode ir direto para a última parada, onde está a queda principal. Mas o que quase todos fazem, e é o melhor a se fazer é descer aqui e seguir a pé até chegar na passarela. 


Dica importante: Quem preferir ir caminhado até a passarela é melhor ir com um sapato confortável, pois durante o trajeto tem subidas e descidas e o chão está sempre molhado. A trilha é mais ou menos uns 2 km e a cada passo que você dar vai se surpreendendo com a vista. E o barulho das águas vai ficando cada vez maior.



A Garganta do Diabo principia em forma de "U" invertido com 150 metros de largura e 80 metros de altura. A  Garganta do Diabo  é o maior, o mais majestoso e impressionante de todos eles. Este é devido pela linha fronteira entre o Brasil e a Argentina.






Esta foto é em uma das plataformas para observar as quedas d'água. Dai se consegue as melhores vistas e ótimas fotos, só tem um probleminha está sempre cheia de turistas e dá muito trabalho chegar na borda, pois a fila pra foto é enorme, esperei uns 10 minutos, mas vale a pena!






Foi criado em 10 de janeiro de 1939 e tombado em 1986 pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade, constituindo-se numa das maiores reservas florestais da América do Sul, bem como de proteção dos recursos naturais renováveis do Estado.





De forma semicircular, com 2700 metros de largura, as quedas enchem os olhos dos visitantes pela espuma d água que cai de uma altura de até 72 metros nos saltos existentes entre o Brasil e a Argentina - o número de saltos varia entre 150 e 300 na época das cheias como podemos ver na foto acima!
Dica importante: Se você gosta de aventura mais radical, o parque conta com diversas opções como o rafting onde você enfrenta a correnteza do Rio Iguaçu. O trajeto consiste em 2km de corredeiras radicais e 2km de águas calmas, onde é possível nadar e fazer flutuação. Ainda tem a opção de fazer diversos tipos de trilhas como a Trilha do Poço Preto e a Trilha das Bananeiras. Tem também arvorismo e muitas outras opções só depende do tanto de dinheiro que você está disposto a gastar. Para mais informações visitem o site oficial do parque, lá você encontra todas as informações. www.cataratasdoiguacu.com.br




As Cataratas do Iguaçu foram eleitas integrantes das Sete Novas Maravilhas da Natureza. A Nova Maravilha é dividida entre o Brasil e a Argentina, a linha imaginária da fronteira entre os dois países fica na Garganta do Diabo, uma das quedas d’água. As Cataratas possuem a maior sequência de cachoeiras do mundo e já foram decretadas como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.
Além das Cataratas ,a Amazônia é outro patrimônio brasileiro eleito como Nova Maravilha. A votação foi realizada pela internet.





Além das exuberantes Cataratas, possui em seu interior outras atrações como a fauna, bastante representativa, o Poço Preto, o Salto do Macuco, o Centro de Visitantes, a Estátua de Santos Dumont, homenagem da VASP ao "Pai da Aviação", responsável pela transformação da área das Cataratas em Parque Nacional, e um hotel de lazer.


Dica Importante: Não dá pra visitar as Cataratas e o Parque das Aves no mesmo, se você fizer isso não vai conhecer tudo que os parques tem para oferecer. Não visitei o Parque das Aves pois não deu tempo, entramos no Parque da Cataratas e o quando saímos já estava escurecendo, então o melhor a fazer é dedicar um dia para cada coisa. O valor único do Parque das Aves custa R$ 20,00 e funciona diariamente das 8:30h às 17:30h.


Do lado brasileiro há um elevador panorâmico ligando a base das quedas ao nível superior do rio.


Dica importante: Se você tem algum problema de locomoção ou outra necessidade especial aconselho a não descer na primeira parada e sim ir direto pra última, pois lá encontramos este elevador panorâmico de fácil acesso e que de lá se tem uma das melhores vistas das cataratas.

Existem também as passarelas, caminhos construídos junto às escarpas de basalto, do lado brasileiro, tendo em diversos locais mirantes para admirar e registrar os saltos.


No vídeo acima estamos caminhando na passarela, foi o momento de maior adrenalina, a lente ficou molhada mas deu pra filmar!


Dica importante: Andar na passarela é só pra quem gosta de adrenalina, pois vou confessar que fiquei com medo, por vários motivos: o chão está cheio de água, um pouco escorregadio, o vento é muito forte, o barulho das águas, e quando você olha pra baixo a correnteza pode deixar algumas pessoas tontas e também está sempre lotada, eu tinha sensação que alguém ia me empurrar, pois a grade de proteção não é muito alta. Mas até hoje ninguém foi empurrado. Mas apesar de todos esses motivos quando você chega perto das quedas vale a pena correr esses riscos.




Aqui estamos já no meio da passarela, a adrenalina é imensa, pois o vento é muito forte, a água que voa das cataratas te deixa todo encharcado, e o barulho da água caindo também é muito alto. É uma sensação indescritível, quando vocês chegarem lá vão entender o que estou falando.


Dica importante: Antes de ir aconselho levar de casa uma capa de chuva, pois lá por ser um lugar turístico vendem tudo mais caro. Mas aqui vai a melhor dica: essas capas que estamos usando pegamos dos gringos que compram e quando saem da passarela deixam em um depósito, vimos muitas pessoas pegando e fizemos o mesmo! Economizamos R$ 10,00! Mas se você quer sentir a natureza de verdade pode ir sem capa, muita gente entra na passarela sem capa e saem encharcadas, então é bom levar outra roupa na mochila!

Nesta foto aérea vemos o imponente Hotel das Cataratas. Se você é um afortunado poderá se hospedar no único empreendimento hoteleiro situado dentro do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, o Hotel das Cataratas proporciona uma das mais ricas experiências para o visitante: a exuberante vista das quedas d'água. Os apartamentos estão divididos em sete categorias: superior, garden luxo, floresta luxo, suíte nobre, suíte júnior, cataratas suíte e tower suíte. E tem mais Os hóspedes podem desfrutar de acesso exclusivo às Cataratas do Iguaçu, a cada manhã, antes da abertura do parque. Os preços não encontrei, mas pra quem tem dinheiro não importa o valor em um lugar desse qualquer preço vale a pena, você não acha? Espero um dia passar um fim de semana ai!


Vista das Cataratas do Iguaçu no Google Earth.
Latitude: 25°41'24.76"S
Longitude: 54°26'2.46"O


video


A maioria das quedas de água ficam em território argentino, mas é efetivamente do lado brasileiro que se obtêm os mais belos panoramas.

Então depois de ver essas imagens e de assistir aos videos não tem como não incluir as Cataratas do Iguaçu na nossa lista dos 100 lugares pra conhecer antes de morrer!